quarta-feira, julho 19, 2006 :::



Mió eu tomá cuidado...

Quarta, 19 de julho de 2006, 10h21 Secretária é demitida por "conduta imprópria" em seu blog

Catherine, uma secretária inglesa, 33 anos que trabalhava na divisão francesa da empresa financeira Dixon Wilson, foi demitida por seus dois anos de "má conduta online" em seu blog.

Ela mantinha o diário virtual sob o pseudônimo de La Petit Anglaise (A Inglesinha).

Segundo a Times Online, o blog da secretária tinha um público diário de cerca de 3 mil leitores, e lá ela contava fatos de seu cotidiano, sem citar seu nome ou o de qualquer envolvido.

Em abril, Catherine foi chamada por seus chefes que assinaram sua demissão e pediram para que ela deixasse o escritório imediatamente, fato semelhante ao que aconteceu com Heather Armstrong, americana que mantém o blog dooce.com e virou símbolo de demissões deste tipo.

A secretária Catherine, no entanto, afirma que em momento algum em seu blog revelou seu nome ou o de seus empregadores, mas seus colegas de trabalho dizem que a mulher errou quando se tornou identificável por meio de publicadas no blog. Além disso, alegaram, ela usava horas de trabalho para atualizar o blog.

Tópicos mais recentes de seu blog, encontrado no endereço petiteanglaise.com, cobrem o caso, que é o primeiro em tribuinais franceses e deve ser julgado ainda em 2006. O advogado de Catherine pede indenização equivalente a dois anos de trabalho, algo em torno de US$ 98 mil.

::: postado por Pelagia :: 11:00 AM:::
Palpite:

terça-feira, julho 11, 2006 :::



Tá bom

Nunca mais eu reclamo de mamãe.

http://www1.folha.uol.com.br/folha/cotidiano/ult95u123735.shtml

::: postado por Pelagia :: 9:31 AM:::
Palpite:

terça-feira, julho 04, 2006 :::



Essa foi demais

Em entrevista coletiva concedida nesta segunda feira, o treinador desabafou e deixou claro o quanto queria concretizar o sonho do hexacampeonato.
"Ninguém queria ser mais campeão do mundo do que eu. Também sou brasileiro e a tristeza é enorme. Todos nós da comissão técnica temos família e sabemos o quanto esta perda foi dolorosa, infelizmente não foi possível vencer", disse.
A desilusão gerada pela perda era visível no semblante dos torcedores que estiveram presentes no desembarque dos membros da comissão técnica e do lateral-esquerdo Gilberto, no Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro.
A todo o momento o treinador foi hostilizado e chamado de burro. Ao ser indagado sobre isso, Parreira lembrou uma velha tradição do povo brasileiro quando os resultados não são satisfatórios.
"O torcedor é muito influenciado pelo o que ele ouve. Acredito que na Argentina, os jogadores tenham sido recebidos de uma forma diferente, mas, infelizmente, temos essa cultura de ter de vencer sempre", analisou.


Caham, caro Parreira.
A Argentina lutou bravamente não apenas durante este jogo, dramático, (e que, lembre-se bem, caro técnico, que foi o time alviceleste que abriu o placar, ao contrário de nossa apática amarelice) mas teve brio em TODOS os jogos, ensinando descaradamente o futebol arte, que, dizem, era privilégio brasileiro (coisa, que aliás, nunca cri muito).
Mas o mais estarrecedor na sua declaração é julgar que deveríamos recebê-lo com flores.

Sendo obrigados a ver um futebolzinho medíocre, entreguista e decidido num gol onde Zidane reinou (e com justiça) sozinho e brilhante, banhe-se de esquecermos as pedras.

::: postado por Pelagia :: 12:59 PM:::
Palpite:




Essa foi demais



::: postado por Pelagia :: 12:59 PM:::
Palpite:




Essa foi demais



::: postado por Pelagia :: 12:59 PM:::
Palpite:




Ah

e eu tenho zilhões de materiais para o bloguinho agora, fruto da correção das provas dos meus alunos e alunas.

Mas infelizmente estou sem uma câmera digital.


Razão dela?

Se eu publicasse certas respostas, ninguém acreditaria.

Só provando.

::: postado por Pelagia :: 12:56 PM:::
Palpite:




Pensata

E já começaram as teorias conspiratórias sobre a derrota da seleção canarinho.



Não sei porque prefiro acreditar num time idiota fazendo um jogo medíocre.

::: postado por Pelagia :: 12:54 PM:::
Palpite:

segunda-feira, junho 26, 2006 :::



Foi dia 23, mas tá valendo

Perdi vinte em vinte e nove amizades
Por conta de uma pedra em minhas mãos
Me embriaguei morrendo vinte e nove vezes
Estou aprendendo a viver sem você
(Já que você não me quer mais).

Passei vinte e nove meses n'um navio
E vinte e nove dias na prisão
E aos vinte e nove, com o retorno de Saturno
Decidi começar a viver.
Quando você deixou de me amar
Aprendi a perdoar
E a pedir perdão.

(E vinte e nove anjos me saudaram E tive vinte e nove amigos outra vez).

::: postado por Pelagia :: 10:44 AM:::
Palpite:

terça-feira, maio 30, 2006 :::



Há uns anos atrás eu conheci uma blogueira...

Que tinha o dom com as palavras...



Oi... faz tempo, né? Nem sei se alguém ainda vem até aqui, mas isso não faz a menor diferença.
Preciso falar.
Preciso explicar.
Preciso entender.
Preciso resolver.
As coisas mudaram bastante desde o último dia que eu postei.
O filho da puta que destruiu a minha vida duas vezes só esse ano voltou a dar as caras. Quer que eu acredite. Quer me "comprar barato", como bem definiu um amigo meu. E eu estou forte, eu estou resistindo... eu não quero mais as migalhas.
Cansei.
Acontece que eu não sei romper as situações.
Como já disse aqui uma vez, eu prefiro levar as coisas indefinidamente do que encerrar um ciclo, chutar o balde, derrubar a casa. É mais confortável, em teoria, deixar que os outros façam o serviço sujo. Não há risco de você ter tomado a atitude errada. Tudo passa a ser responsabilidade dos outros.
Só que eu me sinto podre por dentro.
Podre, escrota, suja, covarde, infantil.
E tem um outro lado, também. Não é tão mais fácil assim, porque isso bloqueia qualquer outra coisa que eu queira enxergar. E, deus, nesse momento tudo que eu quero enxergar é que existe vida após o fim. Mas o meu medo é maior, porque eu não sou exatamente uma pessoa gostável... e se eu ficar sozinha pra sempre? Sim, eu sou fraca e cagona e tenho medo até da minha sombra. Tenho medo de me entregar e tenho medo de não me entregar. Eu não sei viver.Tá tudo muito confuso aqui dentro, eu tô anestesiada por uns quinze motivos diferentes.

Um deles é que conheci alguém que me fez ver que o mundo pode ser lindo, pode ser um sonho bom, pode ser confortável. E só agora eu entendo o lance de "ter esperanças".

Às vezes ter esperanças é a pior coisa do mundo. É mais seguro manter-se à parte desse mundo, acreditar de verdade que tudo é uma merda, conformar-se com isso. E aí você recebe aquele abraço que faz o mundo parar e sente que seu coração está aquecido, por brega que isso pode parecer...E é confuso porque dá medo, porque faz com que eu pense que posso perder esse abraço, essa vida nova, esse mundo diferente do que eu conheço.

É mais do que eu esperava... é triste e bom e engraçado e doloroso e necessário e eu já não sei mais se posso viver sem isso. E é por isso que me agarro aos fiapos do que existiu um dia: para manter a sanidade.
Para manter o pé no chão.
Para não esquecer que minha vida não pode ser boa assim, para me conformar com o inevitável: as migalhas são tudo que eu tenho.

posted by Juliana P. on 1:46 PM

::: postado por Pelagia :: 10:19 AM:::
Palpite:

sexta-feira, maio 12, 2006 :::



Tudo é uma questão de beleza interior...



::: postado por Pelagia :: 3:55 PM:::
Palpite:




Com vocês, Monsier Foucalt


De um lata de lixo diretamente para sua cama. Sigh...

::: postado por Pelagia :: 3:47 PM:::
Palpite:

terça-feira, maio 09, 2006 :::



Em breve...

a segunda leva de fotos ;)

::: postado por Pelagia :: 3:36 PM:::
Palpite:




vários, vários prédios antigos bem conservados...


com pórticos lindos. Vi isso em diversos bairros, não apenas na consolação. Aqui meu favorito.

::: postado por Pelagia :: 3:32 PM:::
Palpite:




arvorinhas podadas


mimos da paulistana cidade...

::: postado por Pelagia :: 3:21 PM:::
Palpite:







Essa varanda era linda, linda... Tinha um balãozinho em minuatura, flores, muitos cristais, uma estrelinha de vidro....

::: postado por Pelagia :: 3:14 PM:::
Palpite:









Em todo canto na Consolação tem flores pelas ruas, nas varandas, jardins...coisa linda.(infelizmente alguams fotos feitas de longe não traduziram a beleza das varandas...)

::: postado por Pelagia :: 2:46 PM:::
Palpite:




SÃO PAULO, CIDADE MUITO LINDA


Antes tarde do que nunca, fotos....

Os ipês lindos de São Paulo

::: postado por Pelagia :: 2:40 PM:::
Palpite:


Powered by Blogger
Template by BlogSkins

Pelagia não apenas confessa ou professa. Pelagia pensa. Mas não muito.
:: Passado ::
Arquivo


:: Correio ::
E-mail


:: Humor ::
Meu humor atual - i*Eu!


:: Visitas ::
on-line


:: O outro lado da moeda ::
Rapa Nui